Fundo para “perdas e danos”, decisivo para justiça climática, ficou fora da COP-26